31a. Rodada do Campeonato Brasileiro

Enfim o campeonato de "pontos parados" que estava se configurando o Brasileirão deste ano, agora engrenou em emoção. Apenas o Palmeiras estacionou nos 54 pontos e nos três últimos jogos levou sete gols e não fez nenhunzinho sequer; no entanto, ainda é o líder do Brasileirão agora com 1 ponto apenas de diferença para o Atlético Mineiro.
O Galo, que jogou sábado num Mineirão batendo recorde de público, venceu o Vitória, da Bahia, por 1 a 0 gol de Diego Tardelli - que ainda chutou um penalti pra fora, mas é o artilheiro da competição, ao lado do 'Imperador' Adriano, ambos com 16 gols.
Os clássicos foram agitados: No 'SanSão', o fraco time do Santos (se liga aí, hein, Teixeira; estamos de olho!) deu certo trabalho ao São Paulo, mas perdeu num jogo tenso por 4 a 3. No 'Grenal' do Beira Rio finalmente o Colorado venceu uma partida, 1 a 0. No Rio tivemos o 'Clássico da Rivalidade', e o Flamengo venceu (gol de Adriano) por 1 a 0 assumindo assim a quinta posição; já o 'Fogão', que parece mesmo ter aceitado a condição de maior "freguês" de seu rival carioca, tornou à zona agonizante do rebaixamento - junto com o seu outro rival, o Fluminense, que continua firme lá na 'lanterninha'. Do 'Atletiba' sei apenas que foi 3 a 2 para o Coxa numa disputa ferrenha lá no Couto Pereira; acredito que deva ter sido um bom jogo.
Continuo achando que o São Paulo e o Internacional não chegarão ao título; como já disse em outros posts, o Tricolor parece não ser um time pronto ainda, e o Colorado é extremamente irregular - O Inter chega mesmo a decepcionar pelo time que têm. O Atlético, diferentemente de anos anteriores, finalmente chegou pra valer - foi bonito ver toda a superação para o ídolo atleticano Marques reestrear depois de tanto tempo, e que espetáculo que é a torcida do Galo! Já o outro time das Minas Gerais, o Cruzeiro, vem com tudo; venceu o Corinthians, em pleno Pacaembu com bom público, e agora a Raposa encostou também no bloco de elite do Campeonato Brasileiro. Mas, enfim, para mim o Palmeiras ainda é o favorito; só que os adversários lutarão com ferocidade. A briga é boa! Os amantes da emoção no futebol agradecem; já os 'moralistas' da crônica destilam suas críticas à livre concorrência de rivais no esporte.

Na Série B, o Vascão da Gama precisa apenas de uma vitória para retornar à 1ª Divisão; lugar de onde jamais deveria ter saído. Tomará que o Lusa se qualifique também... Já um grande do futebol vai mal; O Bahia perdeu para o Vasco no sábado, num 'Maraca', desta vez, não muito cheio, e agora o Tricolor continua agonizando entre os últimos da competição.

Se aqui no Brasil foram vários clássicos sendo disputados no País inteiro, na Argentina aconteceu um dos jogos de maior rivalidade do mundo: Boca vs. River. Terminou 1 a 1, mas houve muita confusão em Buenos Aires - coisa absolutamente normal na personalidade afetada de nossos 'hermanos'.
__________
*A charge, o Porco e o Galo, é do cartunista Duke, do jornal A Notícia, de Belo Horizonte.