Clássico Emocionante

Incrível! Há uma meia-dúzia de leitores deste blogue; certo que quatro são parentes, um é leitor desconhecido, e o outro é... minha mãe (que é diferente de parente). Mentira, caro amigo; estou a brincar-lhe com os ânimos em segunda-feira arrastada, dia preferido para a dona aranha tecer sua teia na esquina da imaginação. Se tão feliz eu fico em receber a visita dos leitores nesta casa; vamos, sente-se, tome um café, como vai?

Ocorre, senhor leitor e dona leitora, que alguns andaram cobrando-me por aí, intimando-me pelos corredores desta valorosa sociedade, em horário sagrado de refeição matinal, sem ao menos dizer “bom dia!”, a minha empáfia de outrora. “Ora, não tens nada a dizer? Não vais dizer nada da rodada do Brasileirão de ontem? Fanfarrão de uma figa!”, foram as vozes que ouvi insurgentes das arquibancadas cotidianas. Viu a boa peça que me arranjou, Dorival?

Ah, mas também não me custa nada expedir umas magras linhas com minhas impressões do clássico de ontem. Não há de doer tanto...

Foi um duelo emocionante! O Dragão do Cerrado fez 1 a 0, o Leão rugiu. Quando todos já se preparavam para uma tragédia na lindíssima cidade de Goiânia, o time esmeraldino virou o placar. Eletrizante, sensacional! Fim de jogo no estádio Serra Dourada: Atlético de Goiás 1 x 3 Goiás de Goiás.

Time vence clássico e sai da lanterna (Ag. Estado)
Goiás vence Clássico do Cerrado e sai da lanterna. Romerito, Rei Esmeraldino, marcou 2 gols. 
Foto: Ag. Estado.


Por Ricardo Novais