Sábado...


Sábado é dia de ficar em casa, recuperar-se da balada de sexta, encontrar com os amigos no bar, tomar sorvete na praça ou café na lanchonete da esquina.

Dia bom, o melhor de toda a semana, bom pra namorar, consolar o vizinho que está triste, a dona da padaria que quer fechar as portas, enfrentar fila do supermercado, levar o carro no lava-rápido, jogar futebol no clube do bairro, ouvir a música preferida no último volume, comer pastel na feira e feijoada no almoço.

Sábado é o dia ideal para resolver os problemas pendentes com a família, para pagar a dívida do boteco e fazer outra. Ficar brincando com as crianças da rua, fazer barulho pela vizinhança, visitar aquela tia que faz tempo que não se vê. Dia de olhar para si mesmo, planejar, desfazer e recomeçar, olhar o que se tem feito da vida... leve pluma como o vento.

Voar por pensamentos distantes, amores impossíveis, outros esquecidos. Caminhar numa estrada arborizada, cheia de cascalhos nas laterais, com um tênis confortável, sorrindo ao cantar dos pássaros que, por ventura, ainda existam.

Sábado é simplesmente sábado, um dia da semana que é sempre especial.


Por Ricardo Novais
_____________________________________________________________
Filme: Tom e Tom Tom. Direção e roteiro: Frederico Pinto Animação: Rafael Corrêa Edição: José Maia