Senhoras e Senhores, Aplausos!


O presidente do Santos FC, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, apaga as velinhas do bolo comemorativo aos 98 anos de fundação do clube, que é um dos maiores do mundo. (Lance!net - Foto: Ari Ferreira).


Semana Especial Santos FC: É, meu amigo, se vossa senhoria é leitor deste blogue e não torce pelo Santos Futebol Clube está mal arranjado; ou bem, dependendo se aprecia o futebol e se acha que este esporte é manifesta arte em forma de jogo - jogo bem jogado.

E em matéria artística o clube da Vila tem renome de boa crítica do público há tempos, em platéias das mais diversificadas, nos maiores palcos da Terra... Sempre brilhando, uns artistas foram maiores que outros, de outras temporadas, mas a companhia que promove o espetáculo sempre se apresenta envolto em manto alvinegro, sublime, impecável na áurea iluminada que encanta... Encanta deveras!

Ontem, jogo válido pela Copa do Brasil entre Santos x Guarani, na Vila Belmiro, na festa de aniversário de 98 anos do clube, o Peixe goleou o pobre Bugre de Campinas por impiedosos 8 a 1 (Neymar marcou 5, Robinho 2 e o outro gol do glorioso foi de Marcel; Moreno descontou para os bugrinos, que tem time incompatível com a tradição do Guarani FC). PH Ganso foi quem deu o ritmo da festa e o único marcador do meio-campo, Arouca (obrigado São Paulo!, obrigado Fluminense!), preparou o salão para o festim artístico. Foi um show incrível! Isto mesmo, mais uma apresentação digna de reverência entre os maiores espetáculos deste mundo.

Robinho (fez 2) e Neymar (fez 5) saúdam a torcida. Senhoras e senhores, aplausos! (Lance!net - Foto: Ari Ferreira).

Teve bolo, meninos alegres, Robinho vestindo a camisa nº 200 (comemoração das 203 partidas dele pelo alvinegro praiano), o 'eterno' lateral-esquerdo Léo também vestiu o fardamento de nº 98 (alusão ao aniversariante da noite), torcida entoando um clássico "Parabéns pra Você" em meio a um olé aqui outro acolá, e especulação vinda do Real Madri. O presidente Luís Alvaro de Oliveira foi categórico num espanhol simpático: "No!".

Robinho comemorou a marca de mais de 200 partidas defendendo as cores santistas. (Lance!net - Foto: Ari Ferreira).

Não há como deixar de reconhecer o esquema tático montado pelo técnico Dorival Junior. Mais que isto: reverenciá-lo. O Santos tem um time encaixado, treinado com precisão cirúrgica para atacar o adversário. O leitor perdoe-me por ser propositalmente repetitivo, é mesmo para ecoar com gosto na mente, mas devo dizer que "depois de assistir o Santos jogar, os outros times ficam tão sem graça"...

Veja aí, querido torcedor, se meu deslumbramento é descomedido:


Ah, claro, ainda teve a 'cereja do bolo' de aniversário. Os espectadores mal puderam acreditar no lance belíssimo proporcionado pelo jovem e talentoso meia santista Paulo Henrique, o Ganso:


Quantos títulos o Santos FC conquistará, se é que vai conquistar, pouco importa; é um prazer vê-lo jogar. Obrigado 'Meninos da Vila'! O torcedor anda mais feliz, sorri ao "corintiano da padaria" com imensa alegria e satisfação, e deixa-lhe uma formidável gorjeta.

Parafraseando o cronista antigo na Copa de 1982: se Santos não vencer campeonato algum este ano, azar do campeonato!

Já podem aplaudir; desçam as cortinas, até o próximo espetáculo.


Por Ricardo Novais